quarta-feira, 23 de outubro de 2013

BC ESMALTES E POESIA

Nesse último final de semana fomos presentadas com poemas e poesias lindas - tema da blogagem coletiva de esmaltes da querida Fernanda Reali.

Meu final de semana passado foi bem corridinho e não consegui postar, mas vim marcar minha presença em forma de homenagem ao meu amor maior....MEU PAIZINHO, com um poema lindo do Mário Quintana.

As tuas mãos têm grossas veias como cordas azuis
sobre um fundo de manchas já cor de terra
- como são belas as tuas mãos -
pelo quanto lidaram, acariciaram ou fremiram
na nobre cólera dos justos...

Porque há nas tuas mãos, meu velho pai,
essa beleza que se chama simplesmente vida.
E, ao entardecer, quando elas repousam
nos braços da tua cadeira predileta,
uma luz parece vir de dentro delas...

Virá dessa chama que pouco a pouco, longamente,
vieste alimentando na terrível solidão do mundo,
como quem junta uns gravetos
e tenta acendê-los contra o vento?

Ah, Como os fizeste arder, fulgir,
com o milagre das tuas mãos.

E é, ainda, a vida
que transfigura das tuas mãos nodosas...
essa chama de vida - que transcende a própria vida...
e que os Anjos, um dia, chamarão de alma...


Para quem não sabe, meu pai era um cantor sertanejo de raiz, (e tocava viola com uma maestria fora do comum) e faleceu há cerca de um mês e meio, mas para mim está mais vivo do que nunca em meu coração... e esse poema é uma forma que encontrei mais uma vez de homenageá-lo




Essa toalhinha fica na minha cabeceira da cama

Para essa blogagem, usei o esmalte Azul Royal da Colorama, que ganhei da minha flor Celena, para combinar com essa toalhinha que meu pai distribuía nos shows, para a mulherada ensandecida...rs


Fiz uma outra homenagem ao meu pai, numa outra blogagem cujo tema foi Ritmos Musicais, com um vídeo que meu fofo fez no youtube.

Amo esse trecho:

Mais poesias e esmaltes lindos.... AQUI


Beijos

10 comentários:

C.helena Souza disse...

Postagem emocionante amiga, adorei... o esmalte ficou linnnnnndo nas suas unhas bjusssss

Carine Gimenez disse...

Impossível não se emocionar.
Suas unhas estão lindas.
Beijos lindona ♥

Lúcia Soares disse...

Linda homenagem, menina.
Seu pai era um belo homem.
As lembranças sempre existirão, a saudade será uma constante, mas essa dor avassaladora vai se acalmar,Ana.
Fique bem.
Linda poesia, falou o que você gostaria de falar, né?
Beijo!

Renata Diniz disse...

Ana. É uma belíssima homenagem ao seu paizinho. O esmalte azul faz jus à homenagem. Beijo!

Neide Guedes disse...

Belíssima homenagem, Ana! Que ele esteja fazendo músicas e enchendo o céu de alegria! Bjão

ღღღღ Cici ღღღღ disse...

Que lindo poema, Ana!
Palavras perfeitas e emocionantes. Como não se emocionar?
E adorei a cor do esmalte tb, viu!
Bjns
:)

Dani Santos disse...

Que lindo, quanto carinho, amor e saudade... Emocionante, Ana! Beijos querida
Cantinho da Galega

Sublime Sabor disse...

Como sempre minha Dinha arrasando no poema, na escolha do autor do poema na cor do esmalte e principalmente c a escolha do homenageado, que mais do que o poema mereceu o amor da filha linda que tem. Parabéns Dinha linda.

Carol M disse...

Homenagem linda e emocionante!

Com certeza ele merece sempre ser lembrado.

Bjinhos

Silvana Moretto disse...

Fui lendo seu post e foi me arrepiando....simplesmente emocionante...que saudade do meu tio Bigode (que não tinha mais bigode...mas td bem....era só um detalhe). Adorei a cor do seu esmalte, ficou lindo, pude conferir pessoalmente. Adoro poesia tb. Ficou Show o post, parabéns!! Beijossssss